Sobre acessibilidade

Áreas

Abas primárias

15/03/2017 - 11:45

Estabelecimentos de Belém estão sendo fiscalizados até a próxima sexta-feira (31) pelo Instituto de Metrologia do Estado do Pará (Imetropará) durante a operação especial “Carro Andando”.

 

Ao decorrer do terceiro dia de operação, os técnicos do órgão verificaram se as baterias chumbo-ácido de carros e motocicletas estão sendo comercailizadas dentro das exigências das portarias n° 299/2012 e 239/2012 do Instituto Nacional de Metrologia Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

 

A gerência de Fiscalização e Avaliação da Conformidade do Imetropará, Jorge Rezende, explica que desde o último ano as baterias não podem ser comercializadas fora das exigências do Inmetro. “A existência do selo presa pela segurança do usuário, no desempenho do produto e certifica que aquele produto passou por todos os ensaios laboratoriais necessários”, destacou o gerente.

 

Além do selo do Inmetro também será verificada a existência das informações como razão social, CNPJ e endereço do fabricante ou importador, país de origem, denominação comercial (marca), data de fabricação e tensão nominal em volts.

 

“A bateria também passa pela fiscalização técnica, onde é realizado o ensaio de verificação do peso do produto, que será comparado com as informações presentes no rótulo.”, ressalta Jorge Rezende, presidente do Imetropará.

 

Os estabelecimentos onde forem encontradas irregularidades terão até dez dias para apresentar defesa ao Imetropará, e estarão sujeitos a muitas que variam de RS 100 a R$ 1,5 milhão. Os consumidores podem apresentar denúncias à Ouvidoria do instituto, pelo telefone 0800 280 1919 ou pelo e-mail ouvidoria. imetropara@imetropara.pa.gov.br